25/07/2019
ADPERJ é premiada por sua atuação na luta por igualdade racial


67500899 2686351314731170 5941687594424205312 o
IMG 3855

O esforço e iniciativas da Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (ADPERJ) para contribuir para uma sociedade mais justa e igualitária foram reconhecidos na noite desta terça-feira (23/07) com o Troféu Dia de Mandela 2019.

Emocionada, a presidente da Associação, Juliana Lintz, agradeceu a homenagem e declarou que o troféu foi uma das melhores surpresas que já recebeu ao longo dos quase quatro anos à frente da entidade:

"Nesse período, sempre procuramos debater as questões de raça e gênero. Em 2016, promovemos um curso de interseccionalidade desses temas, que terá continuação agora em Roraima, dia 26. cine-debates também sempre foram voltados para essa temática", relatou ela.

"Este prêmio representa um dos nossos princípios, que é defender os direitos humanos e lutar contra qualquer tipo de discriminação".

67081243 2686351091397859 2064178397902274560 o

O prêmio é oferecido pelo Instituto de Cultura e Consciência Negra Nelson Mandela a entidades e indivíduos que lutam por direitos humanos e sociais e pela igualdade racial.

A premiação, que ocorreu na sede da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ), no Centro, agraciou ainda a Rede Emancipa, a deputada estadual Martha Rocha, Melanina Carioca, o jornalista Tino Júnior, Fórum de Saúde Pública, entre outras entidades e pessoas.

Prestigiaram a premiação as diretoras da Associação, Andréa Sena, Carina Ferraz e Renata Tavares, o 1° Subdefensor público-geral, Marcelo Leão, a 2ª subdefensora pública-geral, Paloma Lamego, o corregedor-geral da Defensoria Pública, Nilton Manoel Honório, e o defensor público José Raimundo Batista Moreira.

WhatsApp Image 2019-07-23 at 230134
WhatsApp Image 2019-07-23 at 230123


COMPARTILHE: