24/08/2015
Caminhos do Interior visita Região dos Lagos

Esta semana a ADPERJ esteve na Região dos Lagos visitando comarcas para saber um pouco mais do dia a dia dos órgãos da Defensoria Pública desta área. Conversando com os Colegas ficou claro que, apesar de realidades distintas, muitos problemas são comuns como é o caso da falta de material de escritório e mobiliário.

Em Cabo Frio, por exemplo, os Defensores contaram não ter canetas e cadeiras disponíveis há meses. Na Vara Cível de Araruama, apesar do pedido feito à Administração, ainda faltam móveis e, em São Pedro da Aldeia, os Defensores aguardam computadores.

Outro problema muito comum entre as comarcas é a disparidade de salários entre os funcionários concursados, cedidos e extraquadros, causando injustiça e mal-estar no ambiente de trabalho. Os Colegas também disseram sentir falta de cursos de reciclagem e atualização de conteúdo jurídico no interior do estado.

Para a Presidente da ADPERJ, Maria Carmen de Sá, as reclamações dos Colegas passam mais uma vez pela falta de orçamento compatível para Defensoria. “Falta de mobiliário, manutenção, e a necessidade de melhorar os salários dos servidores, têm a ver com a realidade de nosso orçamento. É por isso, que o foco da ADPERJ é exatamente incrementar os recursos da Instituição para o ano 2016” – explicou a Presidente em cada reunião com os Colegas.

Com estatísticas e números que refletem a realidade da Defensoria em mãos, Maria Carmen também pediu aos Defensores não associados que se filiem à ADPERJ e façam parte da luta em benefício da Categoria. “Nosso trabalho é indivisível, ou seja, toda a Classe é beneficiada quando alcançamos conquistas junto aos Poderes e à própria Administração Superior. Ao apoiarmos nossa Entidade Classista, estamos nos unindo em prol da Instituição e das melhorias que ela precisa”– afirmou a Presidente.

Todas as reclamações e sugestões serão compiladas e tratadas diretamente com a Coordenação de Interior da DPGE em reunião que acontecerá nos próximos dias. Até o final do ano, o projeto Caminhos do Interior seguirá para as comarcas da região de Angra dos Reis e Itaperuna.



COMPARTILHE: