07/07/2015
ADPERJ participa de AGE em Brasília

Na última Assembleia Geral Extraordinária, que aconteceu nesta terça-feira, 07/07, em Brasília, a ANADEP informou que quer intensificar a participação da Defensoria Pública no Comitê Nacional do Processo Judicial Eletrônico. A Associação Nacional enviará um questionário para que as Entidades Classistas Estaduais levantem, junto às Defensorias Gerais, os principais problemas em relação ao PJE em seus respectivos estados.

Na ocasião, a Presidente da ADPERJ, Maria Carmen de Sá, adiantou que no Rio de Janeiro há questões prementes como a violação à intimação pessoal e a possibilidade de falar por quota nos autos, que na prática acabaram com a implementação do PJE. Ainda segundo a Presidente, as intimações após o horário forense também deverão ser objeto de questionamento.

Após o encontro, o grupo seguiu para o Congresso Nacional para dar continuidade à coleta de assinaturas dos parlamentares postulando a análise pelo Congresso Nacional do veto ao PLP 114, que inclui a Defensoria Pública na Lei de Responsabilidade Fiscal.



COMPARTILHE: